~ 4 minuto(s) para ler.

amor sentimentos

Quando for amor

Quando for amor,

Você vai tremer, não vai conseguir dormir, às vezes nem comer, e tampouco vai saber o por quê!

Não importa se você julga-se sentimentalista ou não, nem sequer se você acredita que o amor é só uma ilusão.

Eu espero que você tenha a oportunidade de sentir, e que não saiba como agir quando esse sentimento com sua mente interagir.

No começo, tudo vai parecer estranho, mas é só o começo!
Vai acontecer bem devagar, mas de repente ao mesmo tempo, vai acontecer bem depressa.

Ambos procurarão esconder os sentimentos um do outro, e às vezes até de si mesmo…
Enquanto um lutar contra seu próprio sentimento, o outro irá dizer que não sabe se é só paixão ou se é algo mais.

Quando um der o primeiro passo, o outro vai retrocer e sentir-se confuso por não encontrar respostas racionais que expliquem ao certo o que ele sente.

Durante o tempo que ambos estiverem mentindo para si mesmo, o amor irá tomando conta pouco a pouco.
Passadas poucas semanas, tudo ficará mais intenso, e quando menos esperar, suas conversas durarão horas e parecerá ter passado apenas minutos, ainda que ambos não percebam…

Um mês, dois meses, ou três meses transcorrerão. A saudade vai ser a sua nova companheira de todas as horas. E você irá se sentir mais confuso do que de costume enquanto não entender os motivos disso.

Chegará o momento em que nenhum dos dois será capaz de esconder nada do que sente.

Frases delicadas como “eu gosto muito de você” serão utilizadas com mais frequência e terão mais intesidade, até que se transformem no primeiro “eu te amo”.

Enquanto passam as madrugadas conversando, você talvez fique confuso quando em um momento inesperado perceber o que acabou de ouvir.
O silêncio se manterá no ar, e, por falar em ar, você vai perdê-lo por mais de um minuto assim que, sem perceber, um beijo receber…

O silêncio irá se propagar, e por vezes você hesitará, até que, enfim, você dirá que o ama também.

Durante suas próximas reflexões noturnas, você vai perceber, então, que já conhece cada feição do rosto alheio e terá a sua preferida, que será aquela com o sorriso mais bobo e lindo de quando ele pára de falar e fica só olhando pra você, exatamente igual a quando vocês se beijaram pela primeira vez.

Depois disso ele te dirá o quanto você é linda, principalmente sem maquiagem.

Quando você não estiver bem, ele irá fazer de tudo para te animar.

Quando doente estiver, julgando-se a menina mais horrorosa do universo com a rosto inchado, sem voz, com o nariz entupido, e sem vontade pra nada, ele vai te achar linda da mesma forma e vai externar isso de uma forma tão natural que você não será capaz de acreditar.

E depois de tudo isso, você vai saber que é amor.

Você vai saber, porque perceberá que nunca soube o que realmente era isso.
E então, quando se der conta, estará fazendo planos a longo prazo e eles começarão a se concretizar aos poucos, e assim tudo passará a se encaixar e a fazer sentido.

Quando esse momento chegar, quando for amor, você sem saber irá amar!

Não há disfarce que possa esconder por muito tempo o amor quando este existe, nem simulá-lo quando este não existe.

François de La Rochefoucauld

comments powered by Disqus